Escritório

Rua São João Climaco, 670 - Sala 03

(11) 4113-7464

Whatsapp Business

Atendimento online

Segunda à Sexta 9:00 - 20:00

Seguro sobre perda total: como saber se você está coberto?

Muitas vezes manter um carro pode ser tão custoso ou até mais do que seu valor inicial. Afinal, podem ocorrer gastos altos em ocasiões inesperadas, como acidentes e outros tipos de sinistros. É justamente por isso que muitos optam por buscar coberturas, como no caso do seguro sobre perda total

A perda total é uma das situações em que o segurado recebe indenização integral quando o veículo sofre sinistro. Desta forma, o pagamento da franquia não é necessário. No entanto, você sabe qual a diferença entre perda total e perda parcial? Continue lendo e descubra!

O que caracteriza perda total e perda parcial do veículo?

Uma das maiores dúvidas quanto ao seguro sobre perda total é justamente em relação a quando ocorre a condição que resulta em indenização integral. E os critérios desse pagamento são definidos com base nas características dos prejuízos causados ao veículo.

Segundo a Superintendência de Seguros Privados (Susep), o que determina a quantia que será indenizada é o fato de os custos com os sinistros serem inferiores, iguais ou superiores ao teto de 75% em relação ao valor contratado pelo segurado.

Partindo disso, veja quais são os casos considerados para ambas as situações:

O que é perda total?

Quando há sinistros cujo valor de conserto do veículo é igual ou superior a 75% do valor do veículo. Este que, por sua vez, é considerado em contrato. Nesse caso, o seguro indeniza integralmente seguindo as regras do limite definido na contratação da apólice e também não há franquia.

O que é perda parcial?

Já neste caso é quando ocorrem sinistros cujo o custo estabelecido de reparo for menor que 75% do valor definido na hora da contratação. Sendo assim, o segurado paga a franquia e a seguradora cobre a diferença. Além disso, se o valor ficar abaixo da franquia, não é possível acionar o seguro.

COTE SEGURO AUTO GRÁTIS

Entenda quando ocorre a perda total

Há vários casos que possibilitam acionar o seguro sobre perda total. Isso significa dizer que não é só em situações de acidente e colisões de trânsito. Por exemplo, sinistros ligados a causas naturais também podem levar à indenização integral, como enchentes e incêndios.

Além disso, pode ocorrer de o veículo ser acometido em um alto nível de dano, mas ainda haver a possibilidade de ser vendido e voltar a circular. Nesse sentido, é feito um diagnóstico para avaliar a possibilidade de venda ou troca e somente após a análise é que será definida a condição do carro e o quanto ele foi depreciado.

Como saber se estou coberto pela perda total?

Como vimos, para que o seguro sobre perda total seja acionado, é preciso que haja uma análise que vai determinar se o veículo foi ou não totalmente danificado. Para isso, há procedimentos que devem ser feitos, como:

  • Vistoria com perito: um perito da seguradora verifica o estado do carro e se há irregularidade quanto ao sinistro descrito;
  • Orçamento de conserto: é preciso que um orçamento seja feito por uma oficina para avaliar os custos dos reparos em relação a várias partes, como pintura e funilaria, mecânica, elétrica, entre outras;
  • Orçamento da companhia seguradora: após essas etapas, a seguradora avalia o valor e pode tentar reajustar o preço dos reparos;
  • Formalização de perda total ou parcial: por fim, há a definição da condição do automóvel e a decisão final em relação ao seguro sobre perda total.

A cobertura poderá ser feita baseada no valor de referência do mercado ou por custo determinado em apólice. Em ambos os casos, o percentual de 75% é considerado.

O que acontece com meu carro depois da formalização de perda total?

Após o seguro sobre perda total ser confirmado em relação ao carro que sofreu sinistro, ele pode passar a ser propriedade da seguradora, se estiver previsto em contrato. Dessa forma, o valor de indenização integral é repassado para o segurado.

Ou seja, o segurado tem direito à indenização de acordo com o que tiver definido em contrato, incluindo despesas extras se assim for.

Por fim, agora que você entendeu como funciona o seguro sobre perda total, salientamos a importância de adquirir uma cobertura para seu veículo.

E é por isso que a Minuto Seguros, a maior corretora on-line do Brasil, oferece proteção para o veículo em diversas situações como essas. Faça sua cotação agora mesmo preenchendo o formulário abaixo.

Categorias

Solicite um Orçamento